sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Leitura Obrigatória: "Take Me On" de Katie McGarry (Pushing the Limits #4)

Olá meninas! Espero que estejam bem. Então como foi esta bela semana de chuva? Eu desde que a coisa começou a cair a sério que não me tenho sentido muito eu... a ver se com mais um dia ou dois para a mim a coisa volta ao sítio. Preparadas para ouvir falar de mais um livro?

Antes que pensem isso, este não é um livro qualquer, eu tenho de vos dizer que não é. O livro de que vos falo hoje é o mais recente da série de livros Pushing The Limits, uma das minhas favoritas, de que já vos falei AQUI e AQUI.

Take Me On é o quarto livro oficial da série Pushing The Limits, de Katie McGarry, publicada pela Harlequin Teen. Como os restantes livros, foca-se em relações entre pessoas aparentemente de espetros completamente diferentes, ligadas por um evento em particular, por norma. Como já aconteceu com Dare You To e Crash Into You, Take Me On foca-se também num desporto em particular, neste caso artes marciais mistas.

Este livro está estreitamente ligado ao anterior, como tende a acontecer nos livros desta série, porque West, o personagem principal é irmão de Rachel, que conhecemos em Crash Into You, e os eventos de um dão o mote para o outro. Aqui, West tem um encontro fortuito com Haley, uma antiga lutadora de kickboxing, quando esta é atacada uma noite a caminho de casa. Apesar de ambos saberem que estão a contar uma mentira, West aceita uma luta com o ex de Haley, um amador treinado de MMA, para ajudá-la a proteger a família. Durante o treino, os dois vão-se conhecendo e tornando mais próximos, e revelando aos poucos a sua história, tanto entre eles como para nós, tornando os seus percursos muito emocionantes de acompanhar.

A primeira coisa que eu achei interessante no timing deste livro é que ele passa-se ainda antes do fim de Crash Into You, algo que se não me engano ainda não tinha acontecido na série,  e dá uma dinâmica interessante ao livro,  até porque traz uma perspetiva nova sobre os eventos do anterior.
Agora quanto à história em si e aos personagens, eu  acho que este livro reúne um pouco de todos os outros: tem temas pesados, como Pushing The Limits, um rapaz que é totalmente o meu género, como eu Dare You To, e uma rapariga que é tanto forte como frágil, como Crash Into You (e a Abby,  que eu tenho a impressão que não vai desaparecer nunca),

De resto, a fórmula é a mesma, e por isso não poderia falhar, mas acho que os vários componentes misturados fizeram deste o meu novo livro favorito na série.

Está obviamente super recomendado.

xoxo

4 comentários:

  1. Trazes sempre excelentes sugestões! Não tivesse eu tanta coisa para ler já...
    beijinhos
    http://direitoporlinhastortas-id.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. eu quero ler, mas não acho o acho traduzido em lugar nenhum :(

    ResponderEliminar