quinta-feira, 15 de março de 2012

Review: MAC Matchmaster Foundation

Oláááá! Espero que esteja tudo bem com todos...Eu tenho mais uma vez que me despachar que daqui a nada tenho que ir outra vez para as aulas...e ainda queria ver se deixava mais um post programado para amanhã de manhã. (O que eu duvido que aconteça, que já estou a ficar em cima da hora...a ver vamos...)

Já viram? Voltei a passar dos 190 seguidores! Espero desta vez não voltar a descer...Obrigada a todos pelo apoio, especialmente esta semana, que não tem sido de todo fácil!

Eu hoje venho dar-vos a minhas impressões sobre a base Matchmaster da MAC, que eu andei a experimentar, mas reparei que ainda não vos tinha falado dela em profundidade.
Ela tem 35ml de produto, mais que o normal, e custa à volta de 37€ se não estou em erro (foi o que ouvi, nunca perguntei). Ela tem uma embalagem de vidro com doseador, o que é bom, mas da qual eu não vos posso falar em profundidade porque nunca mexi com ela, apenas tenho uma amostra.

A gama de cores desta base é excelente, porque vem com imensos tons, e tem um sistema de tons mais neutros, que impedem que existam aqueles tons muito amarelos ou muito rosados, tipicos do sistema normal da MAC. A cor que eu tenho é a segunda mais clara, 1.5, e embora talvez seja um pouco mais escura que a minha pele, adapta-se bem a ela, e fica bastante natural, por isso não se nota a diferença., se bem me lembro,  acho que ela promete isso, que dentro de um espetro de tons, a base adapta-se á cor da pele, por isso não se precisam de preocupar muito com tons exatos.

A textura desta base á partida é liquida, mas não demasiado. Eu acho que a minha amostra com o tempo engrossou um bocadinho e ficou com uma textura mais cremosa, mas vocês com uma embalagem normal não devem ter problemas.

Ela tem uma cobertura...média construível, eu diria, eu acho que ela serve bem para pessoas sem grandes imperfeições e para pessoas com manchas ou borbulhas pouco irritadas...para manchas mais feias talvez precisem de um bom corretor com ela.

Ela é muito boa para peles oleosas, porque não é de todo brilhante, radiante, nem nada que se pareça, mas não a acho completamente unidimensional. Acho que ela apenas deixa passar o  óleo necessário para ter um acabamento natural. Eu tenho-a usado com primer, mas acho que gostava mais dela sem, acho que ela funcionava melhor com a pele e que, estranhamente ralvez se movesse menos e durasse mais.

Ela não me irrita muito a pele, mas talvez irrite um pouco mais que a da Bobbi Brown que é a  minha base agora (embora nos últimos dias ande a usar esta).

No entanto, o que me afastou mesmo desta base foi o cheiro. Ele é algo forte e desagradável, e em certos dias chegou mesmo a dar-me dores de cabeça.

Resumindo, se têm pele oleosa, e querem um look natural, e estão dispostas a usar um corretor, e não têm sensibilidade a cheiros, aconselho. Se já usam a Studio Fix e têm problemas com as cores, por exemplo, também aconselho.

Espero que vos tenha sido útil, se quiserem ver a base em ação procurem nos looks, pelo menos nos desta semana e da semana passada tenho estado a usar, num ou dois do fim do ano passado também.

Até amanhã!

xoxo

5 comentários:

  1. Tb ando a experimentar esta base! E concordo com tudo! Gsto do ar natural e da forma como controla a minha oleosidade... No entanto o cheiro é activo... E um tanto desagradável! A minha tb é a 1.5 e podia ser mais clarinha mas tb é verdade que se adapta bem a minha pele... Só noto que ela é um tom mais escura quando aplico duas camadas de bases para uma cobertura mais pesada! :/ ainda nao estou convencida a compra-lá sinceramente... Tlz experimente a cor mais clara ou opte por outra ... Mas ainda nao estou 100% convencida com ela!

    ResponderEliminar
  2. essa base também deve ser boa para mim eheh :P

    resposta ao coment: como são perguntas diferentes, pode ser ;)

    Kiss

    ResponderEliminar
  3. Olá Teh Teh,
    Obrigada pela revisão.
    Já pensei testar essa base imensas vezes, mas nunca o fiz.
    XOXO

    ResponderEliminar