segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Leitura: Pawn de Aimée Carter

Boa noite. Espero que estejam bem. Eu hoje acordei super mal MAS...sabem aquela magia do ar fresco? Sim, apenas uma lufada de ar fresco matinal de inverno foi o suficiente para virar o meu dia ao contrário. Apesar disso, não foi fácil, e a esta hora, sem post programado, estive quase para fazer um daqueles posts que servem apenas para dizer 'olá'. Depois lembrei-me de que já tinha a review deste livro prontinha. Era pata ficar para depois, mas aqui vai. Espero que gostem, que eu gostei bastante.

'Pawn' é o primeiro livro de mais uma série de ficção distópica, porque pronto, ainda não existem suficientes. E na verdade não devem existir, porque apesar de eles terem muito de parecido uns com outros, conseguem ser sempre bastante diferentes, sobretudo este em particular.
'Pawn' passa-se em Washington, num futuro relativamente próximo, em que a sobrepopulação levou uma família a tomar conta das rédeas dos Estados Unidos, e reorganizar a sociedade, supostamente para garantir que os recursos chegam para todos. Assim, a nova sociedade é dividida em classes, identificadas por números, a que cada pessoa é associada depois de fazer um teste aos 17 anos.
Kitty é uma rapariga pobre, que vive num orfanato, e no dia do seu 17º aniversário recebe a notícia de que o seu teste a indicou para um dos números mais baixos, o que para ela é quase como uma sentença de morte, que na melhor das hipóteses lhe iria alterar a vida por completo. Por isso, quando lhe oferecem a oportunidade de subir à classe mais alta, apenas possível para a família governante, Kitty quase não hesita. O que ela não espera é acordar duas semanas depois no corpo de Lila Hart, uma das herdeiras da família. Cedo Kitty percebe que se tornou um peão no perigoso jogo da família Hart, e que a única hipótese para se proteger e àqueles que ama é ir jogando.

O que este livro tem de mais interessante,  e que o separa da maioria dos outros, diria eu, é ser mais sobre politica, e conspiração do que violência. Claro que não a evita por completo, o que é normal, mas guarda-a quase exclusivamente para os momentos cruciais.
O romance também não é o ponto forte deste livro. Conhecemos Kitty já com um namorado, e é com ele que ela fica até ao fim, apesar de estar num corpo diferente, com uma vida completamente diferente, e até ter um noivo. Para muita gente isso é uma coisa boa, eu confesso que embirrei com o coitado do Benjy, que neste livro me pareceu sinceramente um acessório e um pãozinho sem sal, por isso, isso foi uma desilusão para mim, e parte da razão pela qual não estou completamente satisfeita.
Agora, se é de uma boa intriga que estão à procura, é como vos digo, esse é o forte deste livro. Todo ele é voltas e reviravoltas, e é por isso que se lê num instante, porque é impossível esperar para saber que bomba vai explodir a seguir. Toda a trama é super bem construída, e a narração de Kitty é sempre viva e honesta, fazendo dela uma heroína com quem é fácil ter empatia, apesar das circunstâncias deste livro tornarem a visão dela ainda muito limitada.
Mas isso vai, na minha opinião, mudar quando ela a partir do segundo livro, assumir de uma vez o lugar que lhe está destinado desde o início, e ela for confrontada com o todo da realidade, em vez de apenas pequenos vislumbres, como até agora. Acho que isso vai ser das coisas mais interessantes daqui para a frente, tanto para o nosso benefício como para a evolução dela.

As únicas coisas que tenho a sugerir para o segundo livro são: mais explicações e tratem lá de dar ao Benjy alguma personalidade, ou então livrem-se dele, por favor.

'Pawn' estará à venda no fim do mês e podem encontrá-lo AQUI.

If you're looking for an English version of this article, you can find it HERE.

E então, curiosas com este livro?

xoxo

11 comentários:

  1. há uns tempos atrás adorava ler livros e devorava-os! agora já nao tenho paciência para ler :/

    beijinhosss

    ResponderEliminar
  2. Não sou muito de leituras..

    Bjnhs
    http://estrelinha-estrelasbrilhantes.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. Sinceramente, no início da review estava a pensar "hmmm, não é para mim!". Mas depois até me despertou interesse (principalmente pela parte do "se estão à procura de uma boa intriga!") :)

    mykindofjoy.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. se isso te despertou então é pra ti mesmo xD

      xoxo

      Eliminar
  4. Realmente tens razão, já há séries YA suficientes por aí... mas parece que o público alvo "come" qualquer coisa (e eu sou uma das suspeitas hehe)

    ResponderEliminar
  5. Por acaso gosto imenso de ler.
    Este parece-me ter uma história interessante ;)

    Beijinhos Grandes
    http://pinkstarnailsanastacia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  6. Eu adoro as tuas review, são sempre muito completas :)
    Eu é que estou sem tempo para começar a ler livros, já bastam os de Português :(

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. obrigada, deixa que eu não tou melhor.. quer dizer ainda tou, mas se calhar vou deixar de tar xD

      xoxo

      Eliminar
  7. parece ser um livro ok de se ler nada muito emocionante
    bjinhu*

    ResponderEliminar
  8. Obrigada! ♥
    http://keepcalmandshopvintage.blogspot.pt/

    ResponderEliminar